domingo

ATENS, GEORGIA

CRACK 10 X DROGAS 0

    Nunca imaginei que o submundo dos drogados um dia fosse palco de uma guerra civil.Pela primeira vez na história toda uma sociedade esta contra o crack.Fora os barões, financiadores, patrões e usuários ninguém quer mais o crack no sistema.Entre os próprios usuários de drogas leves (cigarro, álcool, cocaína, ectasy e maconha) existe uma verdadeira repulsa contra os craqueiro ou pedreiro ou com quem trafica pedra.Onde existir um viciado em crack existe perigo, dor, sofrimento e medo.Isso não interessa a ninguém, nem aos próprios traficantes que tem os clientes mais “chave de cadeia’ do sistema seguidamente “queimando seu ponto” junto a policia.Eu vi muita gente se transformar em zumbi. Sou testemunha dos sofrimentos de muitas mães e pais.O estado deve a partir de algo já visto buscar uma alternativa que eliminaria facilmente os traficantes de pedra da sociedade: Penalidades mais pesadas pois nem todas as drogas são iguais.Quem trafica crack é um assassino. Quem trafica cocaína ou maconha é um fora-da-lei e dever ser preso e punido. Não estou sugerindo uma redução de penas e sim um acréscimo bem ASSUSTADOR a quem for preso traficando crack.Quem “é da área” sabe que é muito mais fácil tratar um dependente de cocaína, álcool ou inalantes que travar uma guerra perdida para um viciado em crack.Separar os traficantes de crack dos demais traficantes de dando um “tratamento diferenciado” de modo que este fosse banido “definitivamente’ do sistema através da prisão perpetua erradicaria imediatamente este mal e a partir disto poderíamos pensar e uma política real e atual sobre as drogas acabando com o flagelo do trafico.