quinta-feira

O editorial este quase perfeito. Peca quando diz que existem oportunidades para formação de mao de obra. Um bom curso profissionalizante leva dois ou três anos e sai caríssimo. Os cursos oferecidos pelo estado são apenas para encher lingüiça e não preparam ninguém para nada.Os cursinhos profissionalizantes que tem em cada esquina são criados por desempregados buscando lucrar em cima do desespero dos próprios desempregados.Para se qualificar tem que ter muito dinheiro para investir e a grande massa desempregado não tem.