quinta-feira

O ORKUT DOS MORTOS DE TERESÓPOLIS


Quantos sonhos, quantos amores, quantas vidas foram ceifadas pela fúria vingativa da natureza contra a covardia humana em relação à Mãe Terra. Muitos destes homens, mulheres e crianças mortos na tragédia do RJ tem seus perfis no Orkut, Facebook, Twitter, MSN entre outras redes sociais e deixaram para a eternidade registrada suas historias, sonhos, fantasias, ideologias e muito mais. Mesmo que algumas historias sejam muito curtas e sem um final feliz pois eles tiveram suas vidas tiradas abruptamente lembrando uma foice cortando capim. Ainda assim alguns tiveram suas existências eternizadas através da internet e de seus "profiles". Quantos destinos foram mudados? Quantas vidas foram afetadas?Quantas famílias não acontecerão e filhos que não nascerão?Novas Pompéias e Herculanos, Hiroximas e Nagasakis onde podemos continuar os sonhos dos que ser foram. A tecnologia é a maneira mais fácil de nós aproximarmos de Deus e da imortalidade mesmo que tudo não tenha lógica em nossa patética existência. Podemos recriar as memórias dos que se foram e queiram ou não eles estão juntos de nós para a eternidade. Sei que não serve de alento para o dor da perda mas uma grande reflexão pode ser feita sobre o sentido da vida, se é que ela tem algum sentido.