quinta-feira



O atual Pronto Socorro de Pelotas esta em estado terminal. Perdi dois cunhados por negligencia mas não existe a quem recorrer. Como o maior jornal de Pelotas é do Prefeito não existe nada a fazer a não ser rezar. Acharia interessante que Zero Hora fizesse uma reportagem com repórteres se passando por pacientes para provar a venda de leitos e o total descaso com a vida pois os médicos escolhem quem vai morrer.Dinheiro tem mas a burocracia e o superfaturamento nas obras publicas destroem tudo. O atendimento nos postos de saúde é desastroso. Fica a sugestão de uma reportagem no mesmo estilo – repórteres se passando por pacientes – Vocês vão ver coisas que até Deus duvida. Um outro detalhe: Os médicos e outros profissionais não cumprem a jornada de trabalho. Tem médicos que atendem três pacientes por dia e vazam e outros atendem os pacientes feitos cães de rua. Da para fazer um dossiê de mil paginas com o que acontece na saúde de Pelotas basta para isso uma câmera escondida.Penso que uma investigação jornalista poderia salvar muitas vidas que são ceifadas pela ma vontade do profissionais juntos a impunidade do poder publico e sua ganância pelo frívolo em relação ao essencial.