sexta-feira

TROTES, FESTAS E IMATURIDADE
     Penso que os colegas veteranos deveriam pensar numa maneira mais criativa de acolher os bichos. Atualmente os trotes feitos pela maioria dos cursos são imaturos.Cada segundo que estamos vivos é um aprendizado e pagar mico num farol pedindo moedinha não soma nada a ninguém a não ser vergonha. Um acadêmico tem que aprender/crescer espiritualmente a cada segundo e não pode esperar que nossos mestres pensem em tudo.Parece que a maioria dos colegas somente quer fazer festas para angariar fundos e não existe outra maneira de integração a não ser através da embriagues. Temos que fazer escolhas em nossa vida  e não podemos ser apenas marionetes dos hits sociais do momento. Os trotes deveriam ser algo inesquecível: Por Ex.:Doar um pequeno rancho e alguns brinquedos para os moradores da baixa periferia de Pelotas (Dunas,Getulio, Vila dos Tocos, Cantiga, Navegantes IV, V entre outras). Nada é mais enriquecedor que ver o sorriso de uma criança, filha de um viciado em Crack ou canha receber um brinquedo e alguns minutos de atenção. Aquilo pode mudar a vida dela. Buscar a integração com a sociedade mudando para melhor é o que mais nós enriquece na aventura humana. Repensem os trotes e tentar assumir um compromisso com a sociedade independente da soma de carga horária e remuneração é algo importante para um acadêmico.Nosso futuro e o do Brasil depende de nós atitudes individuais somadas para dar um resultado satisfatório para todos.



Casa própria – grande ilusão. Alguns têm varias casas e outros somente têm um objetivo de vida: Não pagar aluguel. Comprar uma se casa se tornou uma febre tão grande que os preços dos imóveis foram para a estratosfera. Porque essa ilusão que a casa própria é tudo na vida. Uma ilusão porque daqui nada levamos (com sorte a pouca sabedoria que gente adquirir). Para o pobre é mais negocio locar uma casa e fazer sacrifícios para comprar uma posse. Vai pagar muito menos por um imóvel muito melhor e $empre se da um jeitinho de regularizar. Depois que regulariza vende pela financiado pela Caixa por dez vezes o valor. Muitas pessoas estão comprando terrenos por meia dúzia de reais, colocam uma casa prepronta e cima e vendem por mais de R$ 100.000,00 graças a CEF.  Nos empreendimentos populares como a qualidade não interessa empilha uma família em cima da outra em cubículos de 32m2 sem janelas nem área de serviço dando o nome de lar. Isso é lindo por parte da CEF
FUDEU....