quarta-feira

                                          
2012: LADY FETTER X MIRIAM MARRONI
                     Creio que ninguém tira a prefeitura das mãos de uma destas duas mulheres em Pelotas em 2012. O filho do ex-ministro Chiarelli não tem o mínimo carisma, o Catarina somente tem os votos dos universitários e da Guabiroba, a Adriane/Anselmo Domingues e o Nelson Har ter até podem até embarcarem em candidaturas desastrosas e fracassadas, pois já estão manjados pela comunidade e dificilmente vão alavancar mais de um digito em uma pesquisa de opinião. O resto dos que forem disputar a eleição vai fazer figuração para conseguir uma vaguinha para vereador em 2016. A vereadora e deputada estadual eleita Miriam Marrone pegou um nicho de votos fantástico: As mães órfãs do crack. Lady Fetter deve usar e abusar do poder econômico e das influencias dos CCs na prefeitura como na eleição para deputada estadual, mas o governo Fetter esta extremante desgastado junto à comunidade que já esta cansada da falta de capricho e qualidade nas obras públicas alem do caos na saúde. Entre o desgaste nacional do PT e a rejeição local ao partido junto à grande rejeição que os Fetters vão ter vai decidir a eleição. Tentar fazer do “Catarina” uma terceira força é perda de tempo, pois grande parte dos pelotenses já torcem o nariz para ele por não ser nascido aqui, além de não apresentar nada de novo ou diferente em relação ao outros candidatos. A eleição da Miriam Marroni vai depender de como forem os dois primeiros anos do governo PT/Dilma e Lady Fetter levara os votos dos conservadores e dos descontentes com o PT e da maioria dos “descamisados elitizados” de Pelotas. O Pelotense vai ter que pensar muito bem para escolher a menos ruim, pois se mudar pode piorar ainda mais e se não mudar continuara piorando no mesmo ritmo.