quarta-feira

BETH FARINHA


Lembro da Beth Farinha. A jovem prostituta da esquina do pecado. Prostitutas e travestis recheavam minha mente com os maiores delírios eróticos que um jovem de 15 anos pode ter. Isabel ou bel era o nome da mais atraente das prostitutas: Jovem e devassa numa época que não existia nem menores nem maiores de idade. Algumas putas trocavam sexo oral por um lanche no final da noite. Todas as noites, durante três anos quando eu saia da escola eu ficava fascinado por aquele submundo de prostituição de drogas. Perversão e loucura. Alguns colegas usavam sua mesada para transar com os travecos e as prostitutas. Lembro do Cláudio apavorado porque tinha pegado gonorréia. Os anos foram passando. Eu terminei a escola e o ponto de prostituição mudou para outros lugares, pois começou a aparecer muita gente. Eu vi em alguns anos todo o centro da cidade recheado de prostitutas e travestis, miches , jovens desesperados por sexo e empresários e profissionais liberais desesperados por um pênis. A fronteira da bissexualidade para a heterossexualidade é muito frágil e lembro de ver alguns homens conhecidos na cidade, lideres políticos ou de entidades de classe desesperados por um falo gigantesco. Tarados sodomitas – Achava tão estranhos que o professor simpático ou advogado/medico/vereador ficassem desesperados atrás de jovens com pênis descomunais – Lembro que a partir daquele momento eu comecei a descobrir o que era o homem e a enorme farsa que ele faz até hoje diante das mulheres. A bissexualidade é um caminho sem volta para a raça humana e talvez seja por ai que o preconceito acabe, pois quem mais preconceito tem contra os homossexuais e bissexuais são os que não tem coragem de assumir sua sexualidade com medo. Isso já faz mais de 25 anos. Os travestis e as prostitutas são outros. Os velhos gays enrustidos são substituídos por jovens de sucesso que caçam desesperadamente na internet ninfetos imberbes ou afro-descendentes com pênis descomunais...Mas e a Beth Farinha: Encontrei ela estes dias: A jovem e bela putinha esta hoje com mais de 40 anos, rugas e as marcas do tempo deixaram cicatrizes mas o mistérios de conhecer alguém que viver a vida toda como ela, num mundo dentro do submundo me fascina. Ainda hoje, nos meu momento de solidão eu lembro daquele longínquo ano de 1983 onde a face da raça humana resolveu se revelar.