terça-feira

BEIJOS MOLHADOS


Beijei-a na boca. Senti o gosto da cerveja misturado a sua saliva. Estava frio e o interior daquele velho 147 era meu pequeno espaço comprado no planeta terra. Estava eu e minha amada – Meu carrinho e tomando algumas cervejas na Avenida Bento Gonçalves nos bons anos 80. Amor: - Eu estava amando. Era uma mistura de tesão descontrolado com um enorme bem querer. Eu queria que o mundo acabasse ali com aquela frágil e fútil criatura nos meus braços. Uma insana vontade de fazê-la a mais feliz das mulheres.