sábado

SEM SENTIDOS


O que é felicidade? Como buscar a felicidade? Um bando de ovelhas débeis comandadas por coiotes famintos e desesperados tem o poder do amor e do ódio em suas mãos. Estamos caminhando para um futuro melhor. O ateísmo esta ganhando espaço e quando cair o Vaticano cai o Islã. Um é o contra-senso do outro e esta maldita fé limita o ser humano de forma mostruosa. Somente senis acreditam num deus humano que manda intermediário, mente, escolhe um povo e que foi feito a nossa imagem e semelhança. O meu Deus não perdoa: Se eu erro, ele me castiga na hora. O meu deus não exige orações, pois ele entra dentro de mim e não em estatuas fajutas ou na voz de pastores drogados e embriagados com o dinheiro fácil. Meu Deus não tem filhos ou virgens Marias. Meu deus não precisa de santos ou demônios. Meu Deus não manda matar e nem deixa morrer. Sei que perante ele minha importância e mínima perante Deus, mas tenho um objetivo e não vago buscando me esconder atrás de livros ou de ambições financeiras que não terei como desfrutar. Onde fica a felicidade ai: Nos mundinhos que nós criamos, uns de mentira que saem na televisão como um espetáculo canastrão outros mais universos pessoais mais papo-cabeça? Este é o admirável mundo novo, que construímos a cada dia andando para trás com medo de se unirmos pára o bem comum de todos. Enquanto o homem não deixar de ser covarde e abdicar de todos os preconceitos esquecendo este deus e seus messias e procurando dentro de si a verdade... a verdade esta dentro de nós...Pena que poucos saibam disso...ou queiram que poucos percebam, para não serem mais manipulados pela mentira da civilização de consumo do inicio de século XXI.