quinta-feira

MUITO ALEM DOS PRESTOBARBAS...


Embora ainda não tenha dado a bunda, acredito que todo o homem tem alguma tendência bissexual e a toda a mulher é bissexual, mas nem todas aproveitam essa dádiva. O homem tem medo de se entregar e tirar a duvida: Dar o rabo e ver qual é que é! Dizem que um famoso escritor brasileiro deu a bunda por vinte anos e descobriu ai que não era putão – Foi para ABL!!! Não estou recriminando ou questionando a bissexualidade e sim jogando na cara que para ser feliz a pessoa tem que assumir sua sexualidade. Não é anormal ter tesão por pessoas do mesmo sexo. Acho que somente alguém que tenha desvios sexuais pode não sentir atração ou tesão pelo mesmo sexo. Um travesti deixa um brocha de pau duro na hora. Geralmente o homem esta sempre pensando em sexo ou numa maneira de chegar a ele. A internet deu uma grande oportunidade às bichas enrustidas de serem felizes. Até onde se podem viver duas vidas? Por que a esposa da bicha enrustida não pode saber que seu marido adora garotinhos e ambos desfrutarem juntos do prazer? – E se a mulher não topar? Se foda e arranje outro marido!!! Quando vejo profissionais liberais caçando homens e travestis na noite, com o cú em brasas fico pensando na frustração do seu casamento e na vida e mentira. Ele deve pensar nos filhos... papai é putão...papai é putão...E daí? Não serão os filhos que viverão sua vida e nem ele vivera a vida dos filhos. Esse se enganar e se mentir – Grande parte dos seres humanos é gay, drogados, ladrões, insensatos se juntam para se julgarem – Nós somos uma serie de mentiras vividas como se fosse verdade – Isso não engana ninguém e estes mesmos homens pregam sem as pregas a moral e os bons costumes. Não é errado dar a bunda, errado é dar a bunda em segredo achando que ninguém sabe, ser homosexual homofobico – parecem que todos os gays são burros pois todo o homofobico é gay , mas toda a cidade tem certeza que o cara é gilletão se passando por macho. A busca da felicidade consiste em buscar a autenticidade sexual e não interpletar o mocinho querendo ser a donzela ou ambos.