segunda-feira

SOBREVIVENDO NO FUNDO DO POÇO...e feliz...


Segunda feira foi chata mas talvez venha no futuro a compensar. As coisas não dão certo ou não esta a seu tempo de dar certo? Não sei. Penso que a cada segundo construo o futuro assim como todos nós devemos pensar. Talvez a transição de egoísta para um pouco menos egoísta me faça bem. Orgulho? Não. Arrogância? Não. Prepontencia? Não. Apenas muita sensibilidade. Não sei até onde vale a pena lutar pelos nossos direitos - eles nao passam de ilusão. Vivemos num mundo de ilusão. Nada é verdade e nada é mentira. Eu narro a minha vida a minha maneira. Me considero um injustiçado e como todas as pessoas que nao aceitam serem "débeis-mentais" movidas a novelas e consumo de bugingangas do Paraguai - Somos vistos como reacionarios. Sinto a cada passada que esta mais difícil de em integrar numa sociedade imoral - viver como um marginal tem muitas vantagens - A gente conhece a felicidade - A gente não trepa por dinheiro - A gente morre por uma causa. Esse é um sistema falido e que deu errado. O impossível de satisfazer a todos faz com uma grande parte da população se torne um único ser imbecil: Aquele que assiste a novela, vai ao futebol e acredita que o jogador ama o time, participa activamente da campanha eleitoral sem ganhar grana, acreditam nos que dizem os jornais/revistas e midia em geral sem questionar. Tudo que querem na vida é um emprego publico e que o filho entre na faculdade para botar uma faixa na frente da casa chamando atençao. Não existe burrice e sim limitação intelectual. Os mais inteligentes devem ser os lideres e não os desprovidos de carater. Não sei porque estou com muito medo hoje. Medo. Muito medo de as coisas não darem tão certo quanto eu gostaria. Amanha são terça feira - Uma nova aventura da vida de André: Hoje eu acho que encerro as postagens pois estou cansado e não tenho mais saco para escrever mas de repente de manha estou de volta cedo. A gente cansa um dia...a gente cansa do homem e da mentira...ate mais...