domingo


minhalma geme em dor...senhores da verdade - donos da realidade

nunca menti - tamanha dor-tamanho vergonha

lagrimas e mais lagrimas

Sacada

Balões

Blogueira interessante

Incenso

Boca seca

Suco de Pêra

Penso no sexo

Escuto Lenine

Minhas costas doem

Meus olhos doem

Minha cabeça dói

Eu já estou acostumado

O pisca pisca das luzes do modem

Dançar

Enen

Velho

Brocha

Fracassado

Perdedor

Derrotado

Tenho vontade de colocar um pote de merda numa caixa e mandar para a OI. O pisca a pisca do modem esta me pirando

Estou pensando em pensar em sexo

Daqui a pouco vou começar a ficar excitado

Tesão que vem da imensa vontade de viver e trepar

Viver e trepara= isto se resume minha vida

Hoje não estou com ardência no cu da morroidas

Comi uma galinha no almoço

Vi um gre nal fudido de tarde

Minha bunda ta que é uma tabua nesta cadeira de madeira

Acho almofada coisa de boiola

Gaucho macho senta em coisa dura

O crac , crac e crac do estabilizador

Vou para sacada até a net voltar

Acho que esta me dando soninho

Minhas costas doem muito

Estou curvado

Um corcunda que esconde se esconde com uma falsa postura durante do dia

Mas na vida real não passo de um corcunda escondido num pequeno mundo somente seu

Onde dou todas as ordens

Eu não passo de um corcunda

Vontade de chutar a bunda dos que me fuderam

Vontade de pedir perdão aos que o cu eu comi e não retribui com amor

Vontade de chorar

Vontade de amar

O Corcunda de Notre Dame...

Que dor

Vontade de rir

Minha mão esquerda esta coçando

O sono esta vindo

Mais um gole de suco

Estou pensando em amanha

Esperar um futuro melhor amanha que estou vivendo a cada segundo

Estou acariciando minha grande papada

Ela não me incomoda mais

Meu nariz deformado com o acidente também não ma atrapalha mais

Meu polegar semi-amputado

Nove dedos e meio

Tenho tantas brigas

Mais cicatrizes não vão fazer diferença

O meu pior inimigo me conhece bem demais

O meu pior inimigo sabe minha da minha dor

O meu pior inimigo gosta de sofrer

O meu pior inimigo sou eu mesmo

Puta que pariu este tempo que não passa nunca

Sinto minha coluna como se estivesse se partindo

As injeções me incham e me deixam anestesiado

Às vezes me sinto o “Paciente inglês”

Conviver com a dor física todo o tempo

Conviver com a tortura mental de ser um fracassado mesmo que seja um vencedor pois você nunca se contenta com o que consegue com sua mediocridade

Infelicidade – estou infeliz – estou com dor –estou cansado-estou com sono - estou com raiva

Estou com medo – estou assustado – meus braços doem –minhas pernas doem

O tempo me sacaneia – olho para o relógio do PC ele parece estar parado- solidão. Solidão.solidão.

Lembrei que fazem muitos anos que não conheço ninguém

A solidão tem me ensinado muitas coisas

Talvez seja minha professora

Ela fala comigo

A solidão é minha companheira de vodka , punheta e ...

Uma vida de merda que se resume a escrever...beber...sonhar...fazer de conta que trabalha

Tomei só a metade do copo do suco

Mais um dia como outro dia passou

Um dia sou o Conde de Monte Cristo

Outro dia sou Fileas Fogg

Mas sei que a vida foi bem menos glamorosa no meu personagem

Dor, sofrimento e tristeza.

Mas tudo tem alguma compensação...

Estou com sono

Ate amanhã...