segunda-feira

AINDA É CEDO

Por ideologia, sou um anarquista que acredita que o comunismo parlamentarista seria o regime político mais sensato e justo, por enquanto estamos num estagio tão primitivo de evolução espiritual. Infelizmente para todos nós, isso não é aplicável no Brasil.Cada vez mais, em todo o mundo, as pessoas clamam pela volta da ditadura e no Brasi então nem se fala!Hoje, eu, como cidadão conciente de minha cidadania e responsabilidade entregaria o poder total ao executivo, seja Lula, Serra ou Dilma nas próximas eleiçoes.Para que legisladores que não legislam para quem os elegeu, e sim em causa própria. Entregaria a governadora Yeda Crucius o poder total no estado pois o mesmo com todas as denuncias contra seu governo o legislativo estadual não conseguiu fazer uma CPIzinha sequer e, alem disso entregaria o comando de Pelotas ao Fetter de uma vez, tamanha a inutilidade da câmara municipal. Para que devem existir parlamentos municipais?O congresso nacional, assembléias estaduais câmara municipais somente atrapalham o executivo- o executivo já da uma baita mordida e ai vem um monte de piranhinhas taradas e créu, creu, créu.. Precisamos de um judiciário forte e de um poder executivo eleito diretamente e mais nada – Para que legislativo? É a mesma coisa que lordes, condes e barões que compram e vendem seus títulos e previlegios e nada mais do que isso. Raciocínio simplista é o cassete!!!É a realidade vista dia após dia. Ainda é cedo para a democracia parlamentarista representativa no Brasil.