sábado

TRANSITO É CULTURA E EDUCAÇAO.


Não entendo porque não existe uma matéria chamada transito e educação na escola fundamental. Chegam às raias de a aberração ver uma gurizada totalmente sem educação no transito seja com suas bicicletas, skate, a pé e com seus veículos motorizados e autorizados. Quem se exibe no transito com manobras ousadas ou alta velocidade não passa de uma criança “retardada”, não importa se tem dez anos ou sessenta anos. Atender celular dirigindo é coisa de criança despirocada. Ensinar que é “vergonhoso” se exibir no transito é uma obrigação da escola e dos pais. A cultura de que um balaqueiro que anda com seu carro rebaixado fazendo pega ou do garoto que adora levantar a roda da bike para chamar atenção não passam de idiotas alienados e não de corajosos. Se exibir no trânsito ou fazer coco nas calças são a mesma coisa sendo que uma você pode se limpar e outra você pode fazer muita gente sofrer.

15 comentários:

  1. Faço de minhas palavras as suas. Ás vezes meu estava dirigindo tão rápido que quando fez a curva eu bati com o nariz no assento do carro (eu estava atrás). Tudo isso por causa de 4 copos de wiski!

    ResponderExcluir
  2. é realmente deveria ser ensinado isso

    ResponderExcluir
  3. a educação se aprende em casa ...e quem sabe a educação no transito tbm?? o problema é que as crianças se espelham nos pais e se estes dirigem mal...daí já viu neh?

    t+

    ResponderExcluir
  4. Cara isso se chama pessoas sem consciencia... Ai quando um desses morre com um acidente no transito... A familia tá chorando no caixão... AH era um bom rapaz... SIm era um bom rapaz... Mas um motorista irresponsável...

    ResponderExcluir
  5. Talvez não na escola, mas na auto escola com certeza. (É claro que não precisa ir pra auto-escola pra andar de bike, mas esse é dos males o menor né!)

    Acho um absurdo esses motoqueiros que ficam voando pelos corredores entre 2 carros, o problema é que há um perigo pra eles e pra tantos outros que estão perto né.
    Aqui em sampa, nas grandes marginais e tals, se um carro fica mais pro meio, e impede a passagem das motos, os motoqueiros riscam os carros, chutam, e etc.
    É um absurdo !!!

    ResponderExcluir
  6. De algum jeito isso tinha que entrar na cabeça das pessoas. Como você falou, não é bonito ficar se exibindo no trânsito, é vergonhoso, além de perigoso muitas vezes.


    :)

    ResponderExcluir
  7. E o que tem de "barbeiro" por aí...

    ResponderExcluir
  8. De algum jeito as pessoas tinham que aprender isso. Como você falou, não é bonito, é vergonhoso. E perigoso muitas vezes.


    : )

    ResponderExcluir
  9. so o q tem eh gente mal educadazinha...e as vezes nem tem razão...
    um dia eu ia passar a rua ai eu parei pq vinha uma moto ,+ o playboy da moto parou e ficou falando com outro q tava num carro...ai quando eu fui passar, ele saiu com tudo...passou de fino...
    e ainda gritou:-ah infeliz(tem caras q falam pior)...
    ai eu te pergunto qm eh infeliz nesse caso!?...

    ResponderExcluir
  10. Sad but true André..
    porém, as emoções humanas são difíceis de serem domadas( o acento é no í do Fi?)
    é muito complicado.. conter as emoções.. não só de jovens, mas de qualquer pessoa..
    é difícil julgar, pois ainda não tive a sensação de estar com um carro lindo, luxuoso e potente, e de repente, sentir aquela vontade louca de acelerar, acelerar , acelerar.. e morrer.
    abraço !

    ResponderExcluir
  11. Na verdade já estão vendo um modo de inserir a matéria de transito nas escolas do Estado de SP.

    Mas é difícil, pois precisará da parte prática, e o governo não forenece recursos para isso - sem contar que vão ter de aumentar a carga horária estudantil que na minha opinião já está absurdamente alta nas escolas estaduais, conseiderando que poucas tem infraestrutura para "armazenar" um monte crianças em salas de aula durante mais de 6 horas.

    voltando ao assunto, o pior problema são mesmo as bicicletas. Ninguém empina a bicicleta para se aparecer, mas sim pelo puro prazer de que a adrenalina gera nas veias enquanto se executa manobras perigosas. O que me deixa com raiva são mesmo as bicicletas no meio da avenida congestionada enquanto há uma ciclovia ali perto.

    ResponderExcluir
  12. Em um morrim que sobre pra escola onde eu estudo, tem uma curva ... as pessoas descem ali de bicicleta numa velocidade que vc nao faz ideia. Um belo dia, estava subindo um carro e um muleque descendo "daquele jeito" e adivinha o que aconteceu? Ele vôo pra cima do carro.
    Outro belo dia um menino ia descendo de bicicleta tb e tinha uma vam descendo o morro também, e o muleque bateu a cara atrás do vidro da vam.

    Felizmente estão vivos, mas continuam descendo aquele morro numa velocidade.


    http://opniaoinutil.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  13. André, vc tem carradas de razão, temos que começar e jamai devemos desanimar. Estas aulas seriam maravilhosas par quem está em crescimento, em formação, uma vez que os cavalos que andam pelas ruas fazendo este tipo de coisa não tem mais jeito, a não ser tomar um belo banho para se limparem das c... que fazem.

    Mas tem que haver alguém que dobre as mangas da camisa e saia por aí gritando por isto e muito maisl O Brasil é lindo, mas seu povo é muito podre ainda. Uma pena, vc tem razão total no que diz.

    Parabén pela matéria, Bjus CON

    ResponderExcluir
  14. André
    Quando fui pela primeira vez ao Brasil fiquei absolutamente estupefacto com o trânsito caótico e sem respeito por ninguém. Em Portugal já foi assim mas as leis endureceram muito e as coisas estão um pouco melhor.
    É preciso trabalhar muito e educar.
    Um grande abraço
    Jorge

    ResponderExcluir
  15. trânsito está mais para um interação social, com todos os seus problemas (vários) e beneficios, do que para educação e cultura.

    http://jcdavid.blogfatal.com/index.htm

    ResponderExcluir

Fala tchê: