terça-feira

PROSTITUTAS DE BERLIM E O BOQUETE MAL FEITO



O que seriam a exclusividade e o gasto absurdo com coisas exclusivas?

- Conseguir admiração de interesseiros desprovidos de personalidade ou embuchar o ego por nao ter objetivo de vida.
Para que ter um carro ou uma roupa exclusiva?

- Gastar dinheiro que poderia ser útil para a sociedade em futilidades e frescuras.

- Conquistar a admiração dos imbecis.

Mas quem precisa da admiração dos imbecis e acéfalos?

– Precisamos sim, é do dinheiro deles...

- é pouco mas eles sao muitos e dispostos a morrer para colocar uma roupa de griffe...

...nada mais que o dinheiro...

...nada mais mesmo...

pois são débeis incapazes de pensar por si e somente sabem imitar...

e imitarem muito mal por sinal.

7 comentários:

  1. enfim... dinheiro é importante, mas daí a ser futil são outros 500... e é isso!

    ResponderExcluir
  2. O dinheiro é importante, mas quando ganhado com dignidade e utilizado para o bem.

    ResponderExcluir
  3. E esses acéfalos são capazes de vender a alma ao Diabo para conseguir o tão sonhado prestígio...

    ResponderExcluir
  4. Nossa, quantas conclusões sobre um tema só...

    rsrsrsrs

    Ainda quer minha opinião?

    ResponderExcluir
  5. é ... compra um Apple ... é bom!

    Pra mim o unico dinheiro bem gasto é com comida, depois música e depois games ... Ah, acho q todos tem seus gastos fúteis mas de gastar e se achar porque tem ou considerar mais o outro pq tem aí sim, é idiotisse, mas os semelhantes se atraem, eles não me incomodam, ficam lá, um babando ovo em cima do outro ...

    ResponderExcluir
  6. Oi, Andre, agora que eu voltei para o diHITT você some... por onde anda? Gostei muito do seu texto, reflexivo e bem argumentado. Na verdade, somos todos meio hipócritas e ensimesmados, se assim não fosse, não conseguiríamos nos ajustar "ao meio" (rs). Beijos!

    ResponderExcluir
  7. O que será que aconteeria se pessoas pensantes tivessem tanto dinheiro na mão?

    Alguns se tornariam tão fúteis quanto os antigos donos da grana, outros fariam uma revolução.

    A massa não quer mudanças, quer que fique tudo como já está. A mesmiçe: os mesmos ricos / pobres de sempre.

    kiso

    http://garotapendurada.blogspot.com/

    ResponderExcluir

Fala tchê: