quinta-feira

O LADO NEGRO DA FORÇA.


Às vezes me assusto com a juventude e com o que leio nos seus blogs. Tem muita coisa boa! Geralmente o que é bom não vem cheio de frescuras. A merda vem perfumada. A maioria da gurizada somente copia e cola. Não se prestam para tirarem uma foto ou criarem um texto tamanho a sua preguiça e vagabundagem. Querem acessos? Mas quem vai ler merda? Se eu quiser uma noticia fresquinha vou para o Google. Se eu quiser colocar acentos e escrever correto vou para os jornais. Aqui eu tenho liberdade para mandar o português tomar no cu, assim como todos os que se preocupam com ele. Somente um inútil que nada tem fazer para se preocupar com acentos e concordância( fora professores - obviamente). Isso não existe mais. Mas na falta do que fazer/pensar e do que falar os palhaços apelam. Façam vídeos, fotografias e escrevam – pode ser um lixo, mas parem de copiar ou tratar o leitor como um retardado mandando fotos/videos/textos mais manjados que o Chaves ou falando de suas existencias vazias e sem o minimo objetivo. Eu uso o Orkut como um termômetro – quanto mais reclamarem - melhor o texto – as pessoas mais qualificadas e inteligentes aplaudem meu trabalho de pé. A escoria quer destruir o que não entende. Sempre foi assim. Isso me dá possibilidade de crescer pisando nas merdas. Aos que gostam do que escrevo todo o sucesso do mundo (mesmo que escrevam merda!!!) – aos que não gostam – primeiro pensem (* faz uma forcinha que voces conseguem. ) e depois escrevam, mas a melhor coisa do mundo para mim é a distancia do lado negro da blogosfera. O vilão nao sou eu...e todos sabem disso.
*eu pelo menos me esforço.




19 comentários:

  1. Hahahaha...é por isso que os desenhos no meu blog são de minha autoria =P

    ResponderExcluir
  2. Ótimo! Brilhante, sem precisar de frescuras ou meias palavras.
    Acessei teu blog por um link encontrado no orkut!

    ResponderExcluir
  3. Oi, André!

    Fico feliz de tê-lo encontrado novamente na blogosfera. pensei que vc tinha desistido de blogar, mas vejo que vc só saiu do diHiTT. Mas enfim, existem várias redes sociais por aí e o que não faltam são leitores...hehehehe.

    Também sou contra o plágio. O problema maior é que a gurizada não tem formação digital, praticamente são empurrados a mexer no computador e intergair, sem saber a necessidade ou motivo.

    Plágio é crime! Não demora muito para alguém ser indiciado aqui na blogosfera por causa disso. Até agora não sei qual o prazer de ter números e não leitores...vai entender, né.


    Abraço

    ResponderExcluir
  4. HAHA... vou tomar a liberdade (qualquer dia desses) de torná-lo meu 'muso inspirador', hihihi...

    Piadinhas infames à parte, concordo contigo, plenamente!

    Mas, veja bem, não é uma concordância cega e burra de quem move a cabeça num consentimento não-pensado. Concordo, pois quando entro num blog alheio e me deparo com toda aquela gama de piadas prontas me dá até desgosto em ver tamanha falta de criatividade.

    A verdade é que a grande maioria das pessoas faz um blog para se auto-promover, mas são tão ignorantes e preguiçosas que escolhem o caminho mais chulo para isso e nunca (ainda bem) vão conseguir alcançar seu objetivo imundo, pois eles caminham no escuro e não percebem que estão eternamente dando voltas num mesmo lugar.

    Eu fujo destas bestas quadradas como o diabo da cruz, pode ter certeza.

    Quando um filho da puta qualquer entra no meu blog e faz um comentário qualquer de somente uma linha, eu faço questão de retribuir a visita e fazer um comentário descente, quem sabe assim o sujeito se conscientiza, né?

    Às vezes funciona!

    Eu sei é que belo bem da blogsfera, existem blogs criativos e autorais como o seu e tantos outros que conseguem fazer a diferença, isso basta para mim.

    Se 90% é uma merda, não estou nem aí, só lamento, é uma pena para os sujeitos que não sabem aproveitar as oportunidades, certo?

    No mais, bjoks!

    http://garotapendurada.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  5. alguns querem textos bons mas alguns n conseguem fazer um texto

    ResponderExcluir
  6. O problema do plágio é complicado mesmo. Mas não se preocupe: os blogs que só copiam ou não possuem uma personalidade morrem cedo.

    ResponderExcluir
  7. uau, realmente você disse tudo aí... tento sempre pensar antes de escrever no blog, principalmente porque o que eu mais faço lá é críticas de filmes, tento analisar bem para não escrever besteira (não sei se consigo, é claro)... notícias eu coloco mas nas minhas palavras e com alguns comentários a mais... adorei seu blog, você escreve brilhantemente.

    abraços
    http://filme-pipoca.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  8. Bom, eu possuo um blog e considero o que escrevo merda, na verdade eu não quero acessos, quero mais é escrever as coisas q estão martelando na cabeça sabe, uma espécie de válvulo de escape. Eu gostei do seu texto, jogou a verdade na cara de muita gente.

    ResponderExcluir
  9. Putz, concordo plenamente,
    temos que ser o que somos,
    e não mais uma cópia de um texto,
    ou fofoca que por ventura
    achei no google,
    viva a liberdade de pensamentos,
    quem gostar gostou,
    as opiniões estão aí pra ser escutadas,
    ... acho que os blogs foram feitos
    pra isso, uma maneira alternativa
    de mostrar o que vc quer dizer,

    \o/

    gostei do post.

    um abraço do felipe Godoy,
    passe no meu blog (se quizer)
    http://garfosemdentes.blogspot.com

    ResponderExcluir
  10. Bom, eu possuo um blog e considero o que escrevo merda, na verdade eu não quero acessos, quero mais é escrever as coisas q estão martelando na cabeça sabe, uma espécie de válvulo de escape. Eu gostei do seu texto, jogou a verdade na cara de muita gente.

    ResponderExcluir
  11. Triste mas verdade André, não nos leem com interesse, muito pelo contrário, dão uma leve olhada nos comentários e comentam com base nos comentários e não nos textos. Esta mulecada não pensa, mas como vc disse querem sim, 300 visitas dia nos blogs sem conteúdo que tem.

    Eu adoro ler o que vc escrever e tiro o chapéu pra vc!! PARABÉNS, o mundo precisa de conteúdo!!

    Forte abraço

    ResponderExcluir
  12. hahaha gostei do seu estilo.
    acredito que muita gente não entende o sentido de ser livre é por isso que vivem copiando as coisa e postando nos blogs ou simplesmente tem medo de se perguntar o que são ou o que querer...dae o fato de tentarem se esconder inutilmente atras de textos "bonitinhos", e não compreender porq ninguem le.

    eu num sei em q grupo pertenço mas o que faço me deixa feliz..e é 100% eu...logo eu escrevo mais por diversão e não por atenção...concorda?

    ResponderExcluir
  13. um bom texto é sempre bom

    ResponderExcluir
  14. De fato, muita gente na blogosfera apenas copia e cola conteúdo. Um desperdício de espaço. Só não acho desperdício de tempo se preocupar com acentos, concordâncias... enfim, com a qualidade do texto que escrevemos – produzir um post cuidadoso, caprichado, é sinal de respeito com os leitores. Abraços!

    ResponderExcluir
  15. Gosto do seu raciocinio, mas não gosto da forma que vc 'explode no papel'.
    Realmente é uma grande besteira ficar apenas copiando e colando. E esses blogs acabam tendo muito seguidores, porque a blogosfera está lotada desse tipo. Cada um segue o que aprecia e se identifica.
    Uma pena.

    ResponderExcluir
  16. Ta certo!!! O texto está muito bom.

    ResponderExcluir
  17. Muito bom seu blog, uma pessoa sem papas na língua e fala o que pensa, acho que é isso que deve existir em blogs. Escrever o que se pensa e escrever por autoria própria e não copiar de outros é uma virtude blogueiramente falando. Em muitos blogs faltam criatividade...
    E o seu é mais que criativo
    Parabéns...

    ResponderExcluir
  18. Muito bom o seu blog...vc é criativo e é o que falta em muitas pessoas que possuem blogs e elas acabam copiando assuntos de outros meios.
    Parabéns pelo blog

    ResponderExcluir
  19. Antes de tudo, a gente precisa deixar claro que somos grandes narcisistas. Ser ouvido hoje em dia é uma questão de urgência, pois o que temos lá fora é impessoalidade e egoísmo.

    Por aqui a gente tem menos máscaras. Você não vê meu rosto, eu não vejo o seu. Não me intimido em olhar nos seus olhos pra falar e digo o que quiser. A internet tem das suas vantagens mas omite uma série de outras reações minhas ao ler ou escrever um texto, por exemplo.

    Quando à linguagem, você está certísssimo. No Brasil, antes de sermos racistas, somos preconceitusos linguísticos. Adoramos menosprezar o outro que "fala errado", que não pontua as palavras, é uma espécie de manobra retórica para destruir o argumento de quem incomoda. Sabemos que ninguém fala ou escreve errado mas fomos e ainda somos educados para acreditar nisso, pois a língua é uma das armas mais poderosas para transformação de uma sociedade.

    Essa nova geração me preocupa bastante. Ele veio depois de mim, nasceu nos anos 90, com bundas, rede Globo, Mara Maravilha, tamagochi e videogame. Se acostumou desde cedo a roubar no videogame, na troca de figurinhas, a "brincar de luta" com o amigo no pátio, a humilha-lo por ser gordo, negro. Essa geração já veio com a ideia pronta de que pra ser aceito tem que rebolar o rabo, ser engraçadinho como os Mamonas e que nordestino é tudo repentista e imitador. Eu peguei tudo isso também mas não sei porquê isso nunca me fez a cabeça. Vamos ver o que isso vai dar daqui há uns 10 anos. Um pouco disso a gente vê nos maravilhosos blogs dessa molecada.


    Um abraço

    ResponderExcluir

Fala tchê: