sexta-feira

REDENÇAO DE UM PÉ DE CHINELO

Um dos maiores arrependimentos que tenho foi ter trabalhado como picareta de carros. O que nós fazíamos nos automóveis para enganar os interessados guaribando-os ,alem das mentiras que contávamos, hoje me envergonham.Não se podia dar tempo para o cliente pensar. Tecnicamente, não vou descrever,por que ninguém tem obrigação de conhecer mecânica ,mas posso fazer uma analogia com um ser humano: Você diz que aplicou penicina e aplica água!!! Só existe uma lei: enrabar o cliente. Minha cabeça ficou mexida... Você tem que desvalorizar ao maximo o veiculo do “cliente”... De todas as maneiras possíveis...Dizer que o carro é um lixo...Inventar defeitos...Valorizar o maximo o seu...mentindo...tem que mentir...mas mentir muito!!!...Fica com fama de mentiroso, mas fica rico...ai você faz o rolo, e assim que o babaca vira as costas, você já começa a elogiar de todas as maneiras possíveis o carro que você recebeu como uma sucata e passou uma tintinha a cu de cavalo...Um dia eu pirei...desisti de tudo...troquei por um caminhão...virei camioneiro...não digo que desta água não beberei mas picareta de carro...tomara... Que nunca mais...Uma única lei: você tem que ganhar sempre o maximo possível e de todas as maneiras possíveis...essa lei não me serve...gosto de ser justo e neste universo, ser justo é ser trouxa e trouxas não sobrevivem no mundo da compra e venda de carros usados (semi-novos para dar charme!!!).

41 comentários:

  1. Pôxa! Que sufoco! Mas vc está bem agora? Tipo.... no seu novo emprego? Espero que sim... neh de alguma forma nunca vale à pena enganar os outros, mesmo que digam que o mundo é dos espertos.;_

    Beijos

    ResponderExcluir
  2. hehehe
    agora sei bem pq o meu carro vive na oficina...

    ResponderExcluir
  3. kkk... Bom saber que se eu for comprar um carro, não devo comprar de você...
    Mas é assim que funciona mesmo... vc acaba levando gato por lebre (ou nesse caso, carroça por carro)...
    ______________________________________
    Visite: http://opinenoblog.blogspot.com
    http://opniaoinutil.blogspot.com

    ResponderExcluir
  4. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  5. Há pessoas que nascem pra isso.Outras, como vc, não aguentam...tá certo, viu!?
    Posso deixar uma sugestão? Aumente um pouco a letra do texto...eu, que nao uso óculos, nao consegui ler com facilidade...imagine quem precisa de óculos.

    ótimo texto!
    Feliz Ano pra vc!

    ResponderExcluir
  6. É, para vender precisa uma boa dose de saber mentir e cara de pau.

    Eu acabei de comentar aqui mas não foi...

    ResponderExcluir
  7. Nã são apenas os "picaretas de carros" que tentam levar a melhor na vida, nos dias de hoje, temos que estar de olhos bem abertos em todos os setores. Quando encontramos uma pessoa justa, achamos que encontramos algo raro, quando na verdade deveria ser básico de qualquer um.

    A vida é assim...fazer o que?

    www.olhaquemaneiro.com.br

    P.s.: Em que ano mesmo você vendia carros?...rs

    ResponderExcluir
  8. Asuhhshshus, essa foi boa André picareta de carro... vou tomar cuidado se for comprar um carro de você.

    Grande abraço

    http://ccdodia.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  9. opa, primeira vez aqui nesse blog.
    ta bem legal, gostei do layout

    boa sorte e feliz 2009.
    assim que puder de uma passada no meu. xD

    abraço

    ResponderExcluir
  10. Legal seu blog!
    Mais comprar carro na sua mão nãum compensa!

    http://blogdojoaoh.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  11. ao menos serviu pra alguma coisa, mesmo que como experiência negativa e impulso pra carreira de caminhoneiro.
    Também acho ruim a justiça ser considerada um "defeito" na sociedade, mas ainda espero um dia que ela volte a ter seu valor...

    http://clik.to/otherside

    ResponderExcluir
  12. Que situação complicada. A moral falou mais alto, não é? De tudo podemos tirar uma lição. No seu caso mostrou que você não se encaixava ali. E que não adianta enriquecer à custas dos outros.

    Ótimo texto.

    Abraços!

    ResponderExcluir
  13. semi-novo rs
    adorei ,bem realista e sincero.
    Realmente não só no mundo automobilistico mas em vários se você é justo é logo TROUXA dos outros
    A vida não é justa rs

    Beijao e fica cm deus

    http://cronicasdesafira.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  14. uou
    :o
    boa a grana, até vale
    só que não gosto desses programas

    ResponderExcluir
  15. Se ser justo no seu universo é saudável,não polua este teu mundo com mentiras e esculhambações.Lembre-se:É o teu mundo,não o meu.Você dita as regras.
    Cansado desse mundo fajuto?
    http://mundofajuto.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  16. André tomara que nenhum cliente seu leia esse post...kkkkkkkkkk
    Mas pra trabalhar com venda de carros tem que ter muita lábia heim cara!!!
    Eu não sirvo pra isso,pois não sei enganar os clientes a tal maneira!!!
    Abraço.
    http://oitentando.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  17. Consciência limpa e sono tranquilo não tem preço...

    ResponderExcluir
  18. Já sei que é de você que tenho que comprar os carros. hUAhusuhas

    ResponderExcluir
  19. Vendedor é tudo igual, só muda de endereço
    rsrsrsr

    ResponderExcluir
  20. Falou bem, neste universo os justos são chamados de trouxas. E assim seguimos... alguns espertos, poucos "trouxas"

    ResponderExcluir
  21. Ainda bem que vc deixou a vida de picareta.

    Seu blog é mto bom

    abçs


    Lucas de Oliveira
    Jornal do Blog
    O Renegado

    Feliz '09

    ResponderExcluir
  22. nossa!que tristeza! ter que enganar as pessoas para ganhar dinheiro...a que ponto chegam os "espertos"

    ResponderExcluir
  23. Lidar com vendas de carros não é facil, um colega meu trabalha com isso.

    Mas, penso eu, o importante não é enricar e sim fazer o que lhe agrada conseguindo pagar as contas no final do mês :)

    Aproveite, venha descansar sob a sombra da amendoeira !
    http://sombradaamendoeira.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  24. Eu não tenho carro!
    Também não tem necessidade, não tenho carta de motorista mesmo!
    De qualquer forma foi ótimo saber disso. Talvez a kombi do meu pai tenha sido comprado nesse sistema. Aquela merda não pára inteira sequer por um mês!
    De qualquer forma, você acabou quebrando aquela lei de "pau que nasce torto, morre torto"!
    Senti orgulho de você. Será que posso sentir isso pelo resto da humanidade também?
    Ok, ok! Sem utopias! =)

    p.s.: sobre a postagem, eu votei em "uma merda" porque tava em branco tadinha! Achei o máximo!

    ResponderExcluir
  25. isso sempre acontece, naum só com carros.. é vida meu amigo...

    abraços!

    www.blig.ig.com.br/correiopop

    ResponderExcluir
  26. Bando de filo da mãe, fica caloteando os bestas :o

    mas é a lei dos mais fortes, cada um faz o que pode pra se dar bem o,Ó pena que nem sempre o caminho é virtuso, mas muitas vezes é o que garante a comida do dia seguinte...


    http://paranoiaelucidez.blogspot.com/
    .
    .
    (ainda participando do TOP 30, ajude VOTANDO...se você já votou tente denovo, é possível votar uma vez por dia o,Ó)

    ResponderExcluir
  27. menino, ainda bem que vc não optou pela carreira política!!! rs

    ResponderExcluir
  28. Opa! Andre Acabei de voltar de viagem e vi seu comentario no meu blog "Girls Wireless"
    Valeu pela visita.
    Abraço e tudo de bom para você.

    http://amandaedalete.wordpress.com/

    ResponderExcluir
  29. Querido amigo avassalador...
    Como um amigo ensinou:
    Carro bom é carro zero!
    e voce acabou de completar minha crença nisso...
    Gostei da mistura de D. Quixote e Indiana Jones... fiquei imaginando quem será o seu Sancho Pança...
    venha nos visitar tb
    http://avassaladorasrio.blogspot.com

    ResponderExcluir
  30. Essa crise de conciência mostra o quanto você não é um pé de chinelo. Superbacana o seu relato. Um exemplo. Um bom exemplo.

    ResponderExcluir
  31. Muito bom... "neste universo, ser justo é ser trouxa" pois este é o problema ne ? mais prefiro viver como um "trouxa" !

    Gostei msm...

    vlw

    ResponderExcluir
  32. Eu sempre trabalhei com vendas, sempre fui um mentiroso. Já fui um mentiroso internacional, quando em 2005 fui trabalhar com vendas em Portugal e na Espanha.
    Se o vendedor quer vender, terá de mentir. É triste mas é uma verdade.
    Hoje eu vendo assinatura de revista da editora globo, ainda bem que lá não tenho que mentir tanto assim...rs

    ResponderExcluir
  33. Fiz uma gde viagem por aqui até q parei, pra refrescar a cabeça.

    Gde crônica.

    Fato ou boato?

    Estou lendo um livro de Ian Brooks, Seu Cliente Pode Pagar mais – Como valorizar o que você faz- não que seja uma vendedora (no sentido restrito da coisa), mas é uma leitura interessante mesmo para nós, consumidores.

    Certamente, se enqto. "picareta de carros" tivesse lido este livro, cara, vc teria ficado RICO($)! Sorte de seus clientes q isto não aconteceu!

    Prazer.

    Teresa

    Obs.: Nem vendo livros, nem sou parente do escritor. Apenas achei q cairia mto bem aqui, ok?

    ResponderExcluir
  34. É duro essa posição. Ser honesto e tentar fazer o seu trabalho o melhor possível, mas derrepente se depara com a desonestidade de colegas de trabalho, que só visam lucrar. Acho que todos nós passamos ou já passamos por isso. Belo artigo mais uma vez André. Abraços.

    ResponderExcluir
  35. Realmente todos passamos por isso, infelizmente. Na minha área isso é frequente, já que "embalagem é tudo". Você faz um design super legal para um produto que é uma porcaria e vc sabe disso. Essa foi uma das razões do meu descontentamento com a área. É difícil quebrar essa barreira e vencer a picaretagem.

    Abraços

    ResponderExcluir
  36. O mundo dos negócios, e não é só os de carros usados, é uma guerra e acho que a maioria sabe disto. O risco de você entrar neste tipo de negócio e trabalhar honestamente é alto. Pode até falir muito rápido mas acho que vale a pena tentar. Conheço alguns que estão sobrevivendo. E acho que não é preciso ter vergonha pois muitos já passaram ou vão passar por esta situação. O mais importante é ter a conciência do erro e não voltar a comete-lo.
    Parabéns pela sua honestidade. Abraços

    ResponderExcluir
  37. Tem uma música do Tom Waits que diz mais ou menos isso, "Nesse mundo você ganha nas letras grandes e perde nas letras pequenas". Levo isso com um grande ensinamento. Quantas vezes a gente tem que anunciar redescoberta da pólvora em letras garrafais e deixar ali, miúdo, no canto do contrato o grande golpe.

    Por trabalhar com comunicação, digo que estou neste processo de piração. Sou contratado para alisar a crina dos meus clientes e omitir (mentir) tudo aquilo que for contra a "imagem corporativa" deles. Não deixo de ser um grande picareta também.

    www.opatifundio.com

    ResponderExcluir
  38. André, a chamada de sua matéria foi ótima, portanto estou aqui! Sobre o assunto de enganar clientes sobre carros usados, nunca dirigi, mas já me dirigi à concessionárias, já procurei carro com o falecido, e tenho parente que trabalha com assuntos ligados. Quer saber de uma? Uma amiga comprou um Escort Zero, 6 meses depois estava cheio de pontos de ferrugem. Ao acionar o seguro descobriu que o carro dela foi um dos que caiu de uma cegonha. Nem sei como veio a saber, enquanto ela contava, eu me lembrava um caminhão tomado na BR101, perto de Casimiro de Abreu. Alguns carros estavam "apenas" levemente amassados. Então, o que dizer o resto, bonitinho por fora e usado por dentro. Dos velocímetros prá lá de adulterados... por aí vai.

    ResponderExcluir
  39. Meu doce André!
    Gosto muito de ler os seus textos, gosto do rítmo deles, mas principalmente do conteúdo.
    A "picaretagem" está em todo lugar. Veja os prédios que desabam, as pessoas que morrem por erros médicos,alunos que chegam no final do Ensino Fundamental sem saber ler nem escrever......
    O grande problema da "picaretagem" é ser centro da "cultura brasileira".
    Mil beijos e muita paz.

    ResponderExcluir
  40. Querido.

    Não há dinheiro que compre o caráter de um homem. Esse caráter é o que o fez cair fora desse tipo de prática comercial.

    Mas nem uma tonelada de ouro é mais preciosa do que essa virtude que voce carrga consigo.

    ResponderExcluir
  41. Sabe que já passei por situções um pouco parecidas, não no mesmo ramo, mas as pessoas que não levaram em conta a honestidade alavancaram na vida por um tempo, mas hoje tem mais problemas que eu, existem algumas exceções que continuam se dando bem.
    Sucesso

    Abraço

    ResponderExcluir

Fala tchê: